FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica 2012

Exposição
Sesi-SP
17/07/12 a 19/08/12 -
Grátis

Principal evento de arte e tecnologia do Brasil o FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica 2012 reúne, a partir do dia 17 de julho, projetos de diversos países nas áreas de instalações, animações, games, aplicativos e música eletrônica.

O SESI-SP realiza, de 17 de julho a 19 de agosto, a 13ª edição do FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, maior encontro do país sobre arte digital. A programação, com entrada gratuita, vai ocupar quatro espaços do Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, na avenida Paulista: a Galeria de Arte, o Teatro do SESI-SP, o Espaço FIESP e o Espaço Mezanino, além do MIS (Museu da Imagem e do Som), e estações de metrô Consolação e Trianon-Masp.

Entre as atrações, estão animações, instalações interativas, aplicativos para tablets, games, performances, workshops, mesas-redondas, encontros com artistas internacionais e maquinemas (games produzidos com estética cinematográfica). Reunindo arte e diferentes mídias eletrônicas, os trabalhos levarão os visitantes a produções criativas das linguagens visuais e sonoras. O festival contempla alguns polos temáticos: FILE Instalações Interativas, FILE Games, FILE Maquinema, FILE Anima+, FILE Tablet, FILE Media Art, FILE Hipersônica e FILE Symposium e Workshop.

Neste ano, dentre dezenas de instalações, os principais destaques são: Paradoxal Sleep um cubo que flutua no espaço; Túnel, escultura cinética, imersiva e interativa que se movimenta durante a passagem dos visitantes pelo seu interior; What a Loving, and Beautiful World, projeção interativa com caracteres da caligrafia japonesa.

Destaques Instalações

Paradoxal Sleep - Nicolas Reeves, David St-Onge e Ghislaine Doté (Canadá)
Projeto composto por um grande cubo robotizado que flutua no espaço da exposição. Veja no vídeo abaixo:


Túnel - Rejane Cantoni e Leonardo Crescenti (Brasil)
Escultura cinética composta por 93 pórticos que se desalinham em função da posição e do peso do corpo do visitante. Vários visitantes podem caminhar e interagir ao mesmo tempo com a instalação. Veja

What a Loving, and Beautiful World - Sisyu+teamLab – (Japão)
A caligrafia de Sisyu é projetada em uma parede grande e os sho (caracteres da caligrafia japonesa) parecem ser sugados para a sombra da pessoa participante gerando efeitos visuais e sonoros. Confira no vídeo abaixo:


FILE Anima+

A ênfase desta 13ª edição do festival é o FILE Anima+ que apresenta, em sua 2ª edição, diferentes gêneros de animação, que vão desde curtas e longas-metragens experimentais até filmes de grandes estúdios. A seleção conta com trabalhos de alguns dos maiores festivais internacionais de animação: Animated Dreams, Anifest & Czech Institute of Animation, Be There! Corfu Animation Festival, Japan Media Arts, Kinofest (Romênia), Red Stick International Animation Festival e Sicaf e Siggraph.

Confira abaixo outros destaques da FILE Anima+

Animação interativa

Starry Night - Petros Vrellis (Grécia)
Instalação interativa baseada na obra-prima de Van Gogh. Os fluxos de ícones da pintura original ganham vida, como uma animação. Além disso, o visitante pode interagir com a pintura, alterando a imagem ao tocá-la.

Longa

Um gato em Paris - Alain Gagnol e Jean Loup Felicioli (França)
Inédito no Brasil, indicado ao Oscar 2012 de melhor longa-metragem de animação, Um Gato em Paris conta a história de Dino, um gato que divide sua vida entre duas casas. Única apresentação no Teatro do Sesi dia 21/07 às 17h. Livre.

Animador

Adventures of Tom Tomiczky - Tamas Waliczky (Hungria/Alemanha)
A animação inédita de Tamas Waliczky é aparentemente autobiográfica. Trabalhando com vários colaboradores ao redor do mundo, a quem deu total liberdade artística, o processo criativo, sem storyboard, foi tão inesperado quanto os contos do herói protagonista. Neste filme, Waliczky criou estéticas distintas que revelam o quanto o mundo moderno também pode ser poético, misterioso e bem-humorado.

Performance

Graffiti digital- VJ Suave (Brasil)
Neste projeto a arte é levada ao espaço público em forma de projeção sob uma bicicleta. Serão projetadas poesias e mensagens acompanhadas de música ambiente. As projeções serão feitas nas estações de metrô Consolação e Trianon-Masp.

FILE Tablet


Em sua segunda edição, o FILE Tablet apresenta uma seleção mais abrangente, com mais de 30 aplicativos nas categorias e-book, games e entretenimento – dispostos em tablets com dois sistemas diferentes: iOS e Android. Por ser uma ferramenta de conexão em alta qualidade, o tablet ganha cada vez mais usuários, desenvolvedores, aplicativos e, consequentemente, mais utilidades e significados.

Destaques FILE Tablet


Animoca – Ultimaze (Hong Kong)
Você controla o mundo de UltiMaze de todas as direções para todas as direções e a bola não pode cair. O tablet vira, revira e reinventa seu uso.

BogeyBox – Fadas (Brasil)
Narrativa digital (cyber-drama) que experimenta diferentes estéticas e linguagens entre a literatura e o jogo.

Haab Entertainment - Good Vs. Reasom (Rússia)
Combinação bem desenhada de livro interativo, animações e jogos de vários gêneros. O nome prenuncia um quebra-cabeça.

FILE Maquinema


Fruto das potencialidades dos jogos digitais e eletrônicos, o “machinima” (maquinema) é resultado da apropriação do meio em que é feito e das técnicas de animação e produção cinematográficas.

Destaque FILE Maquinema

Heidi Foster aka Toxic Menges - ?????´????? ???? (a Petrovsky flux) (Reino Unido) “?????´????? ???? (a Petrovsky flux)” é uma obra de arte digital dentro do Second Life. O maquinema é um tour, uma representação artística da obra, utilizando os princípios de filmagem da vida real para dar vida e profundidade.

FILE Hipersônica


Evento experimental de sonoridade eletrônica que oferece ao público um leque de produções sonoras inovadoras que fazem uso das ferramentas digitais contemporâneas.

Destaque FILE Hipersônica

Uwe Schmidt (Chile/Alemanha)
Nascido em Frankfurt, Uwe Schmidt começou sua carreira nos anos 90 como produtor de dance music. Desde cedo, criou diversos projetos e pseudônimos, sendo os mais conhecidos Señor Coconut, Atom Heart e Atom™. Ele é considerado o pai da electrolatino, electrogospel e acitón (ácido-reggaeton). Vive e trabalha desde 1997 em Santiago, no Chile. O artista tem afirmado a influência latino-americana em suas composições, em particular a música brasileira. Veja

GayBird - Digital Hug (Hong Kong)
“Digital Hug”, é uma performance musical, que une instrumentos criados pelo artista a imagens e animações projetadas. Veja

FILE Symposium


Mesas-redondas e encontros com artistas que irão falar sobre seus processos criativos e novas tendências do setor, entre eles Nikolas Reeves, Giselle Beigelman e Marina Zerbarini.

Mesas-redondas


Arquivos de fluxo intenso: Conexões latino-americanas
Mediação: Gabriela Previdello Orth.
Participantes: Enrique Rivera, Giselle Beiguelman, Michely Jabala Mamede Vogel, Vanina Hofman e Marcelo Carvalho. Os especialistas irão compartilhar suas experiências na documentação da arte a partir de perspectivas específicas sobre o tema. Esse será o primeiro de uma série de encontros que o FILE realizará anualmente – com o objetivo de promover uma plataforma livre de discussão com profissionais, teóricos, instituições, artistas e outros agentes envolvidos na memória da arte eletrônica e digital.

Repensando a interface da literatura para tablet
Mediação: Maria Eugênia Mourão.
Participantes: Guilherme Coelho (A Turma da Galinha), Bernardo Ferreira Bastos Braga (Fadas) e André Kadow (A Cigarra e a Formiga).

ShopFront Lab - Digital Work
Mediação: Franklin Lee.
Participantes: Alan Dempsey, Rob Stuart Smith, Ivan Ivanoff, Anne, Save de Beaurecueil, Yoojin Kim e Victor Sardenberg.

Novas Mídias no Chile, Experiências concretas de gestão, investigação e desenvolvimento
Consiste no desenvolvimento de diversas intervenções que buscam representar a investigação, a produção de arte e a cultura midiática chilena.

Confira programação completa e ficha de inscrição gratuita

Workshops


Chimbalab: Constanza Pina e Claudia Gonzalez (Chile)
Textile Electronic Synthesizer
O grupo desenvolve dispositivos low tech de reciclagem de eletrônicos e tecnologia hacking.

Radames Ajna (Brasil)
Programando a Kinect com Processing
O workshop oferecerá uma breve introdução para aqueles que não conhecem o Processing, com explicações sobre o funcionamento do sensor Kinect.

Marco Donnarumma (Itália)
Sense Xth - geração de Biofísica e controle da música
A oficina oferece uma experiência hands-on e treinamento teórico e prático no controle gestual de música e performance corporal musical.

As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas vagas limitadas

Foto por: DIVULGAÇÃO
Sesi-SP Cidade: São Paulo - SP Preço: Grátis Endereço: Av. Paulista, 1313 (metrô Trianon-Masp)
Datas: 17 de julho a 19 de agosto de 2012
Horários: Consulte a programação Telefone: 3146-7406

TAGS:

Relacionados

Shows 5

Teatro 5

Oficinas 5

matérias 5