Ocupação Vilanova Artigas

Exposição
Itaú Cultural
24/06/15 a 09/08/15 -
Grátis

Ocupação Vilanova Artigas na mais recente mostra do Itaú Cultural

A 24ª mostra da série Ocupação é dedicada a um dos mais importantes arquitetos e urbanistas do Brasil, João Batista Vilanova Artigas. Com curadoria compartilhada entre a equipe Itaú Cultural, a sua filha, Rosa, e o arquiteto Alvaro Razuk, a exposição, instalada em todo o mezanino do instituto, abre para convidados no dia em que ele completaria 100 anos: terça-feira, 23 de junho. Para os visitantes fica em cartaz de 24 de junho a 9 de agosto. No dia seguinte, 25, estreia do documentário Vilanova Artigas: o arquiteto e a luz. Dirigido por sua neta, Laura, o filme será exibido nos espaços Augusta, Frei Caneca e Pompéia, em São Paulo; e na mesma rede no Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Salvador. 

O Centenário Artigas é uma parceria cultural do instituto com a família do arquiteto e tem ações patrocinadas pelo Banco Itaú, como o site criado para comemorar a efeméride, o documentário e a edição pela Terceiro Nome dos livros Vilanova Artigas e A mão livre do vovô. 

Projetos, desenhos de trabalho, maquetes, fotos públicas e pessoais, projeções, objetos, bilhetes, cartas, manuscritos e artigos de jornais fazem parte desta exposição que revela ao visitante a postura política e a visão social do arquiteto, e como elas eram transportadas para o seu trabalho.

Vilanova Artigas nasceu em Curitiba em 23 de junho de 1915. Mudou-se para São Paulo e se formou na Escola Politécnica da USP, em 1937. Foi fundador da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), em 1948, na qual liderou, mais tarde, em 1962, um movimento para a reforma de ensino que influenciou outras faculdades de arquitetura no Brasil. 

Foi membro do Partido Comunista e militante de movimentos populares e, por isso, perseguido pela ditadura militar, sendo cassado em 1969 por força do AI-5.  Este processo não somente aboliu por 10 anos o seu direito de lecionar, como, ao voltar em 1979, foi estabelecido que sua função seria a de auxiliar de ensino da FAU, ao invés de retomar como professor titular. Ele somente recuperou o cargo quatro anos mais tarde ao ter de, obrigatoriamente, prestar um concurso em junho de 1984, sete meses antes de morrer.

Duas vezes premiada internacionalmente – Prêmio Jean Tschumi, em 1972, e Prêmio Auguste Perret, em 1985, este póstumo –, a sua obra segue influenciando arquitetos até hoje. Entre os 700 projetos que produziu durante a sua carreira, destacam-se o já citado edifício da FAU; o conjunto Habitacional Zezinho Magalhães Prado, em Guarulhos; o Estádio do Morumbi; o Edifício Louveira, clubes, sindicatos, edifícios, apartamentos e casas.

Mantendo o espírito desta série de exposições idealizada pelo Itaú Cultural para fomentar o diálogo entre gerações, apresentando a vida, obra e o processo de criação de veteranos consagrados que servem de referência aos que despontam em todas as áreas de expressão, a Ocupação Vilanova Artigas entra neste universo e acompanha a vida do arquiteto desde que despontou até a sua morte aos 69 anos.

Foto por: DIVULGAÇÃO
Itaú Cultural Cidade: São Paulo - SP Preço: Grátis Endereço: Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Datas: 24 de junho a 9 de agosto de 2015
Horários: De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h | Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.
Classificação: Livre

Telefones: 2168-1776 | 2168-1777
Estacionamento com manobrista: R$ 10,00 uma hora | R$ 5,00 a segunda hora | e mais R$ 4,00 p/ hora adicional
Estacionamento gratuito para bicicletas

TAGS:

Relacionados

Ocupação Vilanova Artigas
Exposição | Itaú Cultural
24/06/15 a 09/08/15

Shows 5

Teatro 5

Oficinas 5

matérias 5