Lenine - 25/08 em Theatro NET São Paulo | Filtro Cultural

Lenine

Show - 25/08/14 a 26/08/14 @ Theatro NET São Paulo

Nos dias 25 e 26 de agosto, o cantor e compositor Lenine será a atração do Palco Petrobras Premmia no Theatro NET São Paulo às 21h, na Vila Olímpia.

Considerado pela crítica como a "porção de verdadeira ousadia" do palco Sunset e um dos espetáculos mais inovadores do último Rock in Rio, Chão, atual turnê de Lenine, segue sua trilha em 2014 para mais uma rodada de apresentações pelo Brasil e pelo mundo até a chegada do novo trabalho.

Desde o lançamento da tour, foram mais de 70 cidades percorridas do Sul ao extremo Norte do Brasil, além  de  turnês por Alemanha, Argentina, Chile, França, Itália, Holanda, Portugal e Uruguai. Em 2013 – com a celebração dos 30 anos de carreira de Lenine - foram realizados 30 projetos especiais diferentes, entre reedições de shows clássicos como “Olho de Peixe” e “Baque Solto”, espetáculos ao lado da Martin Fondse Orchestra (Holanda), Orquestra Sinfônica Brasileira, a série de shows “Inusitado - Projeto Cantautores”, na Cidade das Artes, e uma expedição ao lendário Monte Roraima,  levando Chão ao Extremo Norte do Brasil, fechando o ciclo das “comemórias”.

Regado a experimentações sonoras, Chão quebrou paradigmas e provou que o popular e o conceitual podem render uma combinação perfeita, lotando teatros e praças públicas, formando e renovando plateias de todos os gostos, cores e idiomas.

Com direção musical do próprio Lenine, em parceria com Bruno Giorgi e JR Tostoi, o show tem em cena os três num espaço repleto de instrumentos e equipamentos eletrônicos responsáveis por reproduzir os ruídos orgânicos que permeiam nove das dez faixas do disco, como “Chão” (Lenine/Lula Queiroga), “Envergo mas não quebro” (Lenine/Carlos Rennó) e “Amor é pra quem ama” (Lenine/Ivan Santos). Juntos, Lenine, Bruno e JR Tostoi ainda têm a incumbência de transpor os sucessos do compositor – indispensáveis – para essa nova atmosfera. “Jack Soul Brasileiro”, “Leão do Norte” (Lenine/Paulo César Pinheiro) e “Paciência” (Lenine/Dudu Falcão) são alguns deles.

Foto por:DIVULGAÇÃO