Não Vejo Moscou Pela Janela do meu Quarto

Teatro
SP Escola de Teatro
21/06/14 a 27/08/14 -
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

Direção e autoria de Silvana Garcia, Não Vejo Moscou da Janela do Meu Quarto faz temporada no SP Escola de Teatro

Ao unir as histórias e criar seu novo texto Não Vejo Moscou da Janela do Meu Quarto, a autora e diretora Silvana Garcia dá um tratamento dramático à narrativa do escritor argentino Júlio Cortázar (1914-1984) e traz para um patamar narrativo o drama do russo Anton Tchekhov (1860-1904).

O espetáculo - montado em processo coletivo com os atores Maria Tuca Fanchin, Sol Faganello e Leonardo Devitto - estreia sábado, dia 21 de junho, às 21 horas, na SP Escola de Teatro.

A obra - que tem iluminação de Beto Bruel (Prêmio Shell de Melhor Iluminador em 2001, 2005 e 2008) - resulta da junção do texto As Três Irmãs, de Anton Tchekhov, com o conto Casa Tomada, do argentino Júlio Cortázar. Na encenação, as três personagens do autor russo são colocadas na condição do casal do conto do argentino. 

A peça flerta com o realismo fantástico - presente nos contos de Cortázar - e se passa no final dos anos 50, em algum lugar onde desembarcaram emigrantes russos. O desejo de três irmãos (confinados em uma casa - Irina, Macha e Andrei) de ir a Moscou é freado por algo que os imobiliza. 

Artistas e Créditos

  • Maria Tuca Fanchin
  • Sol Faganello
  • Leonardo Devitto.
Foto por: DIVULGAÇÃO
SP Escola de Teatro Possui acesso à deficientes Cidade: São Paulo - SP Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) Endereço: Rua Rangel Pestana, 2401 - Brás

Datas: 21 de junho até 27 de agosto de 2014
Horários: Sábados, às 21h. Domingos, às 20h. (a partir de 5 de agosto, Terça e quarta às 21h. )
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos


TAGS: