140 caracteres

Exposição
Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM
28/01/14 a 16/03/14 -
Grátis

MAM abre exposição 140 caracteres, inspirada nas redes sociais e nas manifestações de 2013

Um coletivo de pessoas tem sua autoria individual diluída em prol de ações conjuntas. Recentemente, a premissa ganhou força nas redes sociais, com grupos formados no ambiente da web compartilhando pensamentos e opiniões, e nas manifestações de rua, em que indivíduos perdem a identidade na multidão para fortalecer as causas reivindicadas.

Alinhada com esta ideia, a exposição 140 caracteres, do Museu de Arte Moderna de São Paulo, foi pensada por 20 curadores, que, em consenso, chegaram ao conceito do projeto e selecionaram 140 obras do acervo do museu para compor a mostra.

Sob a coordenação do curador do MAM Felipe Chaimovich, 140 caracteres será inaugurada no dia 28 de janeiro.  Em paralelo, para estrear o Projeto Parede de 2014, - em que o MAM convida dois artistas por ano para ocupar com uma obra o corredor de acesso entre o saguão de entrada e a Grande Sala - a artista conceitual americana Jenny Holzer apresenta os trabalhos Truism (1977-9) e Inflammatory Essays (1979-82).

Na Grande Sala, estarão compiladas, em núcleos, obras contemporâneas relacionadas a assuntos da atualidade, criando um espaço mais vinculado à antropologia urbana e à política do que à história da arte. No núcleo de máscaras, por exemplo, as peças escolhidas no acervo fazem alusão às máscaras usadas por diversos grupos durante as manifestações populares. Ainda no espaço, destacam-se outros trabalhos, como Máquina curatorial, de Nicolás Guagnini, Telhado, de Marepe, Uma vista, de Cássio Vasconcellos, e Ato único, de Iran do Espírito Santo.

Fazendo uma contraposição política, a Sala Paulo Figueiredo reunirá trabalhos do período da ditadura militar no Brasil – uma maneira também de lembrar os 50 anos do Golpe Militar de 1964. Nessa seção, uma parede inteira, do chão ao teto, será tomada por obras daquele momento histórico. Diante dessa parede, dois trabalhos, contemporâneos, ocuparão a mesma sala. Um deles será Problemas nacionales (2012), de Jonathas de Andrade, uma impressão sobre placa de acrílico, que ficará repousado sobre uma escrivaninha de escritório.

Espera-se que os visitantes interajam com a obra, tirando fotos com ela e postando-as nas redes sociais, como Instagram, Facebook e Twitter.  O outro, Transestatal (2006), consiste em uma instalação de Marcelo Cidade, composta por entulhos, plástico, madeira, tijolos, cimento, bebida alcóolica, mangueira e bomba d’água. “A exposição 140 caracteres é reflexo da mobilização por meio das mídias sociais, como aparato político e reflexão social sobre o que aconteceu em junho, em comparação com a ditadura”, define Felipe Chaimovich.

Foto por: DIVULGAÇÃO
Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM Possui acesso à deficientes Cidade: São Paulo - SP Preço: Grátis Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Portão 3 - Parque do Ibirapuera

Datas: 28 de janeiro até 16 de março de 2014
Horários: Terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h)

Telefone: 11 5085-1300

TAGS:

Relacionados

Shows 5

Teatro 5

Oficinas 5

matérias 5