Memórias Póstumas de Brás Cubas

Teatro
Teatro Commune
05/10/13 a 03/11/13 -
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)

O romantismo e o realismo de Machado de Assis em Memórias Póstumas de Brás Cubas no Teatro Commune

Teatro Commune recebe temporada do espetáculo Memórias Póstumas de Brás Cubas, com o romantismo e realismo de Machado de Assis e direção de Jair Aguiar, da Cia das Artes.

Narrado em primeira pessoa, seu autor é Brás Cubas, um "defunto-autor", isto é, um homem que já morreu e que deseja escrever a sua autobiografia. Nascido numa típica família da elite carioca do século XIX, do túmulo o morto escreve suas memórias póstumas começando com uma "Dedicatória": Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico com saudosa lembrança estas memórias póstumas. 

Seguido da dedicatória, "Ao Leitor", o próprio narrador explica o estilo de seu livro, enquanto "Óbito do Autor", começa com a narrativa, explicando seus funerais e em seguida a causa mortis, uma pneumonia contraída enquanto inventava o "emplastro Brás Cubas", panacéia medicamentosa que foi sua última obsessão e que lhe "garantiria a glória entre os homens".

Memórias Póstumas de Brás Cubas marca um momento no cenário literário nacional em que Machado de Assis rompe com duas tendências literárias dominantes de seu tempo: a dos realistas que seguiam a teoria de Flaubert, do "romance que narra a si próprio" e que apaga o narrador atrás da objetividade da narrativa; e a dos naturalistas que, na esteira de Zola, pregavam o "inventário maciço da realidade", observada nos menores detalhes.

Foto por: SÉRGIO MASSA
Teatro Commune Cidade: São Paulo - SP Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) Endereço: Rua da Consolação, 1218 – Consolação

Datas: 05 de Outubro a 03 de Novembro de 2013
Horários: Sábados, às 21h e Domingos, às 19h
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre


TAGS: