Superdose

Show
Museu da Imagem e do Som - MIS
15/11/12 -
Grátis

O MIS - Museu da Imagem e do Som vira palco de rock da Superdose.

Dois irmãos a frente de uma banda de brit-pop? Não, não estamos falando dos Gallagher, mas de Johnny e Antonio Frugiuele, que nasceram em São Paulo, capital, e desde sempre foram fãs do rock britânico produzido, especialmente, na década de 90.

Oasis e bandas contemporâneas e conterrâneas como Stereophonics, Stone Roses, Verve, Ride, Inspiral Carpets formam a base de referências musicais dos Frugiuele. Fortes linhas de guitarra e composições densas fazem parte da discoteca básica da dupla e definem o que hoje é o Superdose.

Idealizada por Johnny no começo dos anos 2000 como power trio, a banda começou a tomar forma alguns anos depois, quando convites para festivais e eventos começaram a aparecer. Na época, participaram do Rock and Run, evento que unia esporte e música no Credicard Hall (2005) e abriram o show dos americanos The Ataris no Rockfest (2006).

Em 2009, a banda gravou seu primeiro trabalho de estúdio, o EP Cidade Luz, que mostrava uma visão turbulenta da vida urbana. Com uma ótima amostra de suas composições na mão e apresentações memoráveis no currículo, abrir shows de bandas internacionais se tornou quase uma especialidade para a Superdose e, claro, um dos maiores reconhecimentos pela qualidade de seu trabalho.

Em abril de 2010, por exemplo, a convite da gigante do entretenimento Time4Fun, a banda abriu a turnê do Placebo no Brasil. Foram quatro shows: Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte e São Paulo. Poucos meses depois, em novembro, foi a vez de atuar como supporting act de um de seus ídolos, o Stereophonics, numa apresentação no Citibank Hall na capital paulista.

No ano seguinte, entraram na Toca do Bandido, no Rio de Janeiro, para a gravação de seu primeiro álbum cheio. O disco traz dez canções autorais típicas de uma guitar band que já está mais do que preparada para encarar grandes plateias.

Hoje, o Superdose é Johnny (voz e guitarra) e Antonio Frugiuele (guitarra), que para as apresentações ao vivo, chamam ao palco Maurício Hoffmann (na bateria) e Rodrigo Luminatti (baixo). O quarteto circulou pelo estado de São Paulo neste segundo semestre de 2012 com o projeto Work Rock, criado pela banda, apoiado pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, através do ProAC, e patrocinado pelo Instituto Votorantim.

A tour, quer passou pelos SESIs de Franca, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Santo André, Campinas, Sorocaba e São Paulo, chega ao auditório do MIS - Museu da Imagem e do Som da capital no feriado do dia 15/11 às 17hs. E de graça!

Artistas e Créditos

  • Superdose
Foto por: DIVULGAÇÃO
Museu da Imagem e do Som - MIS Cidade: São Paulo - SP Preço: Grátis Endereço: Avenida Europa, 158, Jardim Europa
Data: 15 de novembro de 2012
Horários: quinta, às 17h.

TAGS: