Pomeranos de Jetibá

Exposição
Club Transatlântico
12/11/12 a 26/11/12 -
Grátis

César Fraga apresenta a exposição Pomeranos de Jetibá, no Club Transatlântico.

Pomeranos sim, mas brasileiros também.

César Fraga é um descobridor. Não do que é novo, mas de antigas culturas vistas sob um olhar inovador. Poderemos conferir um pouco desse dom criativo na exposição fotográfica Pomeranos de Jetibá, que será realizada entre 12 e 26 de novembro.

A exposição é resultado do projeto de um livro homônimo de fotografias, ainda a ser lançado. “A ideia é mostrar um pedaço do país aos brasileiros, em um livro contemplativo. Ao mesmo tempo, poder colocar de volta descendentes de alemães e poloneses em contato com um pedaço do seu passado”, comenta o fotógrafo.

A Pomerânia era uma província da Prússia, formada por 93 ducados, que não passou pelo mesmo processo de modernização que a Alemanha e a Polônia, o que fez com que estruturas feudais agrícolas durassem por mais tempo. Diante da promessa de colonizadores, os pomeranos aportaram no Brasil e se instalaram em Santa Maria de Jetibá, município considerado o maior produtor agrícola do estado e segundo maior produtor de ovos do Brasil.

Com natural vocação agrícola, superaram as promessas não cumpridas. César explica que, a partir da tese de uma amiga alemã sobre a língua pomerana – primeira língua cooficial do Brasil, de acordo com o fotógrafo – ele ficou conhecendo este povo que mantém vivo um dialeto desconhecido até mesmo por quem hoje mora na região da antiga Pomerânia. Muitos dos que vivem aqui ainda não falam português. “As duas línguas convivem em harmonia e, há pouco tempo, criou-se a escrita pomerana, que é made in Brasil, já que o dialeto era apenas oral”, conta.

O projeto foi dividido em cinco etapas. A primeira, da Europa para o Brasil, conta um pouco sobre a história do povo e como eles migraram para cá. A segunda parte conta um pouco sobre o município Santa Maria de Jetibá.
A terceira, aborda a cultura de forma geral, a dança, música e a festa Pomerana, que celebra a cultura local – a cidade para por uns dias em uma grande mobilização popular em que todos se vestem a caráter, inclusive para realizar atividades corriqueiras.

A quarta parte é dedicada à vocação agrícola do povo pomerano. Por fim, o autor-fotógrafo se dedica a mostrar a disciplina e a educação, que podem ser vistas principalmente na tradição do xadrez, que é curricular.
“A campeã sulamericana de xadrez é de lá”, conta César.
Enfim, há muito o que ver e aprender a respeito desse povo que preservou tão bem a sua cultura. Para saber mais, só mesmo apreciando as fotos dos Pomeranos de Jetibá.

Foto por: DIVULGAÇÃO
Club Transatlântico Cidade: São Paulo - SP Preço: Grátis Endereço: Rua José Guerra, nº 130, Chácara Santo Antônio - Santo Amaro
Vernissage - 13 de novembro, terça-feira, às 20h
Datas: 12 a 26 de novembro de 2012
Horários: segunda a sexta-feira, das 9h às 22h. Telefone: 2133-8606

TAGS:

Relacionados

Shows 5

Teatro 5

Oficinas 5

matérias 5