Projeto Música Antiga

Show
Sesc Vila Mariana
10/10/12 a 31/10/12 -
Consulte a programação

Estilos como renascimento, barroco e clássico são temas do Projeto Música Antiga, no Sesc Vila Mariana.

Para outubro, o Sesc Vila Mariana preparou uma programação especial que discute e apresenta um panorama da linguagem musical do período antigo. A programação do projeto Música Antiga reúne grupos que apresentam a sonoridade musical do Renascimento, Barroco e Clássico, além de oficina e disponibilização de livros sobre a linguagem musical nesses períodos.

Concerto didático
Seis alunos e um professor da EMESP conduzirão o concerto didático, apresentando sonoridades da chamada Música Antiga.
Durante a apresentação, o professor fará contextualizações didáticas em torno das obras executadas, como um dos concertos de Brandenburgo de J.S. Bach.
Dia 10 de outubro, quarta-feira, às 20h30.
R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (meia). R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Madrigálico
Nesta apresentação o público é levado a uma viagem pelas principais regiões onde se praticou e desenvolveu o estilo “Madrigal” no século XVI, utilizando-se compositores da Pré-Renascença (1484-1547), Renascença (1547-1589) e Alta Renascença (1589-1643). “Madrigal” dava aos versos uma liberdade de texturas, em uma sequência de partes sobrepostas, umas contrapontísticas e outras homofônicas, sendo cada qual baseada em uma única frase do texto. Acima de tudo, o compositor de “Madrigais” procurava igualar a nobreza e o engenho do poema transmitindo ao ouvinte as ideias e as paixões do texto. Munidos desta paixão e através de uma pesquisa historicamente informada, Madrigálico traz a união de profissionais da arte do canto, para a execução e o deleite do repertório de “Madrigais” Renascentistas, sejam eles Italianos, Ingleses, Franceses ou Espanhóis. Com Alberto Cecconi (Baixo); Alexandre Palma (Baixo);Clarissa Cabral Mezzo (Soprano); Regiane Martinez (Soprano); Renato Tenreiro (Tenor); Verônica Oliveira (Mezzo Soprano); Viviane Godoy (Teclas).
Dia 11 de outubro, quinta-feira, às 20h30.
R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (meia). R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Orquestra Arte Barroca
Composta por Paulo Henes (spalla e diretor artístico), Cesar Villavicencio, Pedro Ribeiro (flautas doces), Renan Vitoriano, Beatriz Ribeiro, Marcelo Eduardo Borges (violinos), Mauro Viana (viola), Pedro Beviláqua (violoncelo), Gilberto Chacur (contrabaixo) e Fernando Cardoso (cravo), a Orquestra Arte Barroca tem como proposta interpretar o repertório camerístico e orquestral dos séculos XVII e XVIII, com base na pesquisa de repertório e do estudo de tratados de época, fazendo uso de cópias de instrumentos barrocos. No programa, Ouvertures e Suites Orquestrais.
Dia 18 de outubro, quinta-feira, às 20h30.
R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (meia). R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Harmoniemusik
O nome do conjunto deriva do próprio repertório ao qual o grupo se dedica, conhecido como Harmoniemusik: música de câmera composta no século XVIII, para grupos de instrumentos de sopro, especialmente apresentada em eventos da corte ao ar livre ou em espaços públicos. No programa haverá Beethoven, Krommer e Mozart. Geralmente utilizados aos pares, como na formação de nosso conjunto, este instrumental deu origem à seção de sopros da orquestra clássica, servindo para amplificar e aumentar as possibilidades de colorido sonoro das cordas. Com Mônica Lucas e Luciano Pereira (clarinetes clássicos), Michael Alpert e Flavio Faria (trompas naturais) e Luís Ramoska (fagote clássico).
Dia 19 de outubro, sexta-feira, às 20h30.
R$ 12,00 (inteira); R$ 6,00 (meia). R$ 3,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Novo Ovo Novo
Formando em 2003 por Tiago Pinheiro, Guilherme de Camargo, Marília Macedo e Dalga Larrondo, o grupo traz para a interpretação de peças do século XII ao XIX elementos do jazz, do folk, do rock e da música regional brasileira. A pesquisa histórica realizada pelo quarteto para a escolha do repertório se estendeu também aos instrumentos antigos, como a guitarra barroca e a flauta doce contralto e modernos, como a guitarra elétrica e o clarinete. A esta experiência sensorial soma-se a voz do cantor Tiago Pinheiro, compondo uma sonoridade especial.
Dia 20 de outubro, sábado, às 13h30
Entrada Franca

Oficina “Música para Ouvintes Engenhosos”, com Mônica Isabel Lucas A atividade se concentra na escuta da assim chamada Música Antiga, que compreende o repertório musical anterior ao Iluminismo.
No século XVII, ‘engenho’ era entendido como a capacidade de perceber relações sutis entre objetos distantes, visando o ensinamento, o deleite e a comoção. Sendo assim, o engenho era uma premissa básica para uma melhor escuta musical. A oficina proporcionará uma escuta mais aprofundada do repertório compreendido entre os sécs. XIV e XVIII, de modo a permitir aos participantes reconhecer e melhor desfrutar da audição de diferentes estilos musicais.
Dia 20 de outubro, sábado, às 15h30
R$ 16,00 (inteira); R$ 8,00 (meia). R$ 4,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

Leitura a Tempo Disponibilização de obras do acervo da Unidade para consulta local com recorte temático. Livros sobre a linguagem musical do Renascimento, Barroco e Clássico.
De 02/10 a 31/10. Terça a sexta, das 9h30 às 21h30 e sábados, das 10h às 18h30.
Entrada Franca

Artistas e Créditos

  • Projeto Música Antiga
Foto por: DIVULGAÇÃO
Sesc Vila Mariana Cidade: São Paulo - SP Preço: Consulte a programação Endereço: Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana
Datas: 10 até 31 de outubro de 2012
Horários: consulte a programação. Telefone: 5080-3000

TAGS:

Relacionados

Tarja
Show | Tom Brasil
24/10/15

Shows 5

Teatro 5

Oficinas 5

matérias 5