Dia Mundial do Turismo 2012 - 28/09 em Sesc Consolação | Filtro Cultural

Dia Mundial do Turismo 2012

Show - 28/09/12 a 06/10/12 @ Sesc Consolação

“Cidades e Personagens” foi o tema escolhido pelo SESC São Paulo para as comemorações do Dia Mundial do Turismo 2012. O SESC Consolação traz, então, como personagem a cidade de São Paulo para o foco desta homenagem, com seus personagens históricos, suas feiras culturais e a música sempre presente na vida cultural desta grande metrópole.
A programação de “Sampa em Sons e Sentidos”, que acontece no período de 28 de setembro a 6 de outubro, abre com um bate-papo com o jornalista e historiador Heródoto Barbeiro, no dia 28 de setembro, às 16h, sobre as personalidades e curiosidades do centro de São Paulo.

Artistas e artesãos que atuam nas feiras da região central e arredores como República, Center 3, Avenida Paulista e Liberdade apresentarão seus trabalhos por meio de uma exposição com uma mostra de seus produtos, demonstrações e diálogo com o público. Integram a feira cultural oficinas, intervenções artísticas e musicais, como apresentações de choro, cordel, realejo poético, uma homenagem musical a Adoniran Barbosa, entre outras.
E, como não poderia faltar, a música, com artistas com trajetória nas ruas da cidade como a Orquestra dos Músicos de Rua da Cidade de São Paulo, concebida e regida por Livio Tragtenberg, o grupo Demônios da Garoa e o músico Paulo Vanzolini, entre outros.

Confira a programação completa:

Bate-papo
Os Personagens da História de São Paulo com Heródoto Barbeiro
O jornalista e historiador Heródoto Barbeiro apresenta, a partir de suas escritas e experiências de vida, uma abordagem sobre as histórias do centro de São Paulo, seus personagens e curiosidades, revelando as múltiplas facetas desta grande cidade, em um caminho para se conhecer a sua riqueza e diversidade cultural.
Dia 28 de Setembro, Sexta, às 16h.
Grátis. Retirada de ingressos 1h antes.
280 vagas

Apresentações Musicais

Orquestra de Músicos das Ruas de São Paulo
Após o projeto Neurópolis, consolidado em CD lançado pelo Selo SESC em 2007, esta improvável e impagável formação instrumental acrescenta novos elementos como o hip-hop-embolada, o maracatu japonês, o tango paraguaio, entre outros. Concebida e regida por Livio Tragtenberg a Orquestra é composta por 14 músicos: Peneira e Sonhador, Verinho do acordeon, Emerson Boy, Franco da Quinze, MC street, Yuko Ogura, Reiko Nagase, Frank do Guitaron, Walter Castillo, Ruben Vera, José da Harpa, Celso da percussão. Livio Tragtenberg - clarone e regência
28 de Setembro, Sexta, às 19h.
Grátis. Retirada de ingressos 1h antes.
280 lugares

Demônios da Garoa
O grupo é considerado uma lenda viva da música brasileira com a “cara” de São Paulo, com uma forma original de interpretar com humor o cotidiano do povo paulistano. Em vocais e arranjos bem estruturados e repertório exclusivo, os “Demônios da Garoa” comemoram quase 70 anos de atividades e as suas músicas encantam diferentes gerações. Com Izael - Timba; Serginho - Pandeiro e Afoxé; Ricardinho - cavaquinho e pandeiro; Canhotinho - cavaquinho e violão; Dedé Paraiso - Violão de 7 Cordas.
29 de Setembro, Sábado, às 21h.
Ingressos: •R$ 2,50 ¦R$ 5,00 ?R$ 10,00
280 vagas

Paulo Vanzolini e Grupo
Vanzolini conduz as suas apresentações em um clima de absoluta descontração e informalidade, cantando junto ou dialogando com o público. Um dos ícones da música de São Paulo e um dos maiores compositores da música brasileira, fala sobre o ambiente paulistano - sua grande fonte de inspiração - através de suas pessoas, personagens, enredos e outros aspectos pitorescos que movem as suas composições, e ainda outros fatos recolhidos durante as suas viagens e expedições por todo o Brasil. Participação da cantora Ana Bernardo e dos músicos Ítalo Peron (direção musical e violão), Adriano Busko (percussão) e Jaime Marques Saraiva (flauta e bandolim).
30 de Setembro, Domingo, às 18h.
Ingressos: •R$ 2,50 ¦R$ 5,00 ?R$ 10,00
280 vagas.

Trio Trianon
Os integrantes do “TRIANON” têm uma formação musical que vai do popular ao erudito, além de desenvolver um trabalho como intérprete, o grupo conta com um trabalho autoral. Por meio de suas composições mostram um pouco da formação desenvolvida individualmente. Dos gêneros mais variados da nossa música brasileira como o Choro e o Samba, a tônica do trabalho acabou se enveredando mais tendenciosamente para o nosso apreciado “chorinho”. Com Claudio Duarte (violão), Pratinha (Flauta e Bandolim) e Adriano Busko (pandeiro).
4 de Outubro, Quinta, às 19h.
Grátis.
150 lugares.

Choro Moço
Dos corredores das faculdades, escolas de música e diversos palcos da vida musical, surgiu a amizade dos integrantes do grupo, que se formou em 2008 para interpretar o riquíssimo repertório do primeiro gênero genuinamente brasileiro, o "chorinho". Presentes em diversos cenários como praças e feiras da Vila Madalena, os jovens integrantes trazem repertório variado que inclui Adoniran Barbosa, Noel Rosa, Paulo Vanzolini entre outros nomes, além de composições autorais. Com Deni Domenico cavaco. Diego Lisboa - flauta e sax. Lucas Silva pandeiro. Matheus Motta - violão 6 cordas. Wesley Ferreira - violão 7 cordas.
5 de Outubro, Sexta, às 19h.
Grátis.
150 lugares.

Caju e Castanha
As apresentações de Caju e Castanha são sempre únicas e surpreendentes, pois há 36 anos estão na estrada, nas praças e nos palcos do Brasil e do mundo fazendo a autêntica cultura popular nordestina e brasileira.
6 de Outubro, Sábado, às 12.
Grátis.
150 lugares.

Conjunto João Rubinato
O grupo, que homenageia o verdadeiro nome de Adoniram Barbosa, apresenta uma seleção de canções pouco conhecidas do compositor paulista. Violão, cavaco, surdo, pandeiro, flauta e tamborim somam-se às onze vozes do conjunto, dando corpo a um espetáculo acústico, cuja sonoridade evoca as gravações originais de Adoniran.
6 de Outubro, Sábado, às 17h.
Grátis.
150 lugares.

Vivências
Feira Cultural: arte, artesanato, saberes e fazeres
Exposição de parte de artistas e artesãos que atuam nas feiras da região Central e arredores como a da República, a do Center 3 na Avenida Paulista e a da Liberdade, que como principais personagens de destaque com as suas obras de arte, artesanato e saberes poderão mostrar os seus produtos, fazer demonstrações e dialogar com o público. A feira cultural também contará com a realização de oficinas, intervenções artísticas e musicais, como apresentações de choro, cordel, realejo, uma homenagem musical a Adoniran Barbosa, entre outras.
Dias 4, 5 e 6 de Outubro, Quinta, Sexta, das 12h às 21h, e Sábado, das 12h às 18h.
Grátis

Oficinas

Kirigami
Com Naomi Uezo. Arte japonesa na qual se produz trabalhos decorativos por meio de dobras e recortes de papel em diversas formas.
4 de Outubro, Quinta, das 14h às 18h.
Grátis. 60 vagas.

Origami em Tecidos
Com Thais Kato. Conhecido como orinuno, é uma arte milenar da cultura japonesa que se aplica em tecido para a formação de objetos somente com dobras, sem corte e sem costura.
5 e 6 de Outubro, Sexta, das 14h às 18h, e Sábado, das 13h às 16h.
Grátis. 60 vagas.

Brinquedos de madeira
Com o artesão Matsuo Hiko. Vivência para confecção de peões e demais brinquedos com madeiras reaproveitadas.
6 de Outubro, Sábado, das 13h às 16h.
Grátis. 60 vagas

Ontervenção artística

Realejo Poético
Neste diferente realejo, um bonequinho chamado carinhosamente de “Poeta” - sorteia poesias para o público ao som de música ao vivo. Os poemas sorteados são de autoria de poetas paulistanos ou que falam da cidade de São Paulo.
4 e 5 de Outubro, Quinta e Sexta, às 12h15 e às 17h.
Grátis.

Cultura de Feira
Narração de cordel com destaque para as histórias e citações relacionadas às feiras artesanais, valorizando o berço da diversidade cultural paulistana. Com o ator, diretor e dramaturgo Luiz de Assis Monteiro da Confraria da Paixão Teatro e Cultura Popular.
4 e 5 de Outubro, Quinta e Sexta, às 13h.
Grátis. 150 lugares.

Artistas e Créditos

  • Dia Mundial do Turismo 2012
Foto por:DIVULGAÇÃO